domingo, 21 de setembro de 2014

Poster e trailer completo da quarta temporada de "Revenge"


A quarta temporada de Revenge pretende iniciar um novo percurso da série, com Victoria (Madeleine Stowe) a planear vingar-se de todas as maquinações de Emily (Emily VanCamp):


A quarta temporada de Revenge estreia a 28 de Outubro, no canal ABC.

Colin Farrell protagonizará a segunda temporada de "True Detective"


Embora o canal HBO não tenha feito quaisquer declarações oficiais, o actor irlandês Colin Farrell (In Bruges) confirmou os rumores que indicavam que este seria um dos protagonistas da segunda temporada de True Detective. Em entrevista ao jornal Sunday World, o actor afirma que a nova temporada será composta por «oito episódios e demorará cerca de quatro ou cinco meses a ser filmada». As filmagens terão lugar «nos arredores de Los Angeles».

Colin Farrell foi um dos primeiros nomes a ser apontado como casting do programa, assim como Taylor Kitsch (Savages), Vince Vaugh (The Break-Up), Rachel McAdams (Midnight in Paris) ou Jessica Biel (Hitchcok), mas ainda nenhum destes foi confirmado.

A primeira temporada de True Detective foi um sucesso de crítica, tendo vencido cinco prémios Emmy 2014. Como série antológica, cada temporada contará com uma história e personagens distintas.

Novos teaser trailers de "American Horror Story: Freak Show"


Foram divulgados novos teaser trailers de American Horror Story: Freak Show.


The American Horror Story: Freak Show estreia a 8 de Outubro, no canal FX. Dia 20 do mesmo mês, a temporada tem estreia no canal português FOX.

Ang Lee adapta ao cinema o livro "Billy Lynn’s Long Halftime Walk"


Depois de Life of Pi (2012), o próximo filme de Ang Lee será uma adaptação cinematográfica de Billy Lynn's Long Halftime Walk, escrito por Ben Fountain.

O livro segue a história de um soldado de 19 anos que, juntamente com o seu batalhão, sobreviveu a uma batalha no Iraque, que tornou as tropas em celebridades instantâneas. O argumento será escrito por Simon Beaufoy (Slumdog Millionaire).

Desconhece-se ainda o cronograma da produção.

Angelina Jolie realiza filme sobre a caça furtiva de elefantes


Depois de Unbroken e enquanto termina as filmagens de By the Sea, Angelina Jolie já está a preparar o seu próximo projecto como realizadora. Com argumento de Eric Roth (Forrest Gump), o filme chama-se Africa e seguirá o paleoantropólogo Richard Leakey e a sua batalha contra os caçadores furtivos de elefantes no Quénia, nos anos 80.

A produção está a cargo da Skydance Productions e de David Ellison (Star Trek Into Darkness), contando com Roger Deakins (Skyfall) como director de fotografia. Africa não tem ainda data de estreia prevista.

sábado, 20 de setembro de 2014

Matt Damon e Paul Greengrass reúnem-se para mais um filme com Jason Bourne


Depois de Bourne Legacy (2012), com Jeremy Renner (The Town), o franchise Bourne voltará a reunir Matt Damon e Paul Greengrass. Ao contrário do inicialmente expectado - esperava-se que para o quinto filme da saga, Jeremy Renner voltasse a interpretar Aaron Cross - sabe-se agora que a Universal está a negociar com o actor e cineasta para que recuperem a personagem de Jason Bourne.

Desde 2007 que Matt Damon afirmou que não tinha interesse em voltar à personagem, a não ser que contasse com o envolvimento de Paul Greengrass. Espera-se no entanto que os estúdios não queiram abandonar a personagem de Aaron Cross e planeiam uma sequela de Bourne Legacy, com realização de Justin Lin (Fast & Furious 6), mas que agora poderá ser adiada.

George Clooney será homenageado com o prémio Cecil B. DeMille nos Globos de Ouro 2015


O actor, realizador, argumentista e produtor George Clooney será o homenageado com o prémio Cecil B. DeMille nos Globos de Ouro 2015. O prémio honorário da Hollywood Foreign Press Association é entregue anualmente pelas contribuições excepcionais ligadas ao mundo do entretenimento ao longo dos anos, por parte do homenageado, funcionando muitas vezes como um prémio carreira.

George Clooney sucede ao cineasta Woody Allen que recebeu o mesmo prémio na edição anterior dos prémios. A entrega terá lugar a 11 de Janeiro de 2015, numa cerimónia com Tina Fey e Amy Poehler como anfitriãs.

"Maïdan" é o filme de abertura do Doclisboa 2014


Maïdan, do cineasta bielorrusso Sergei Loznitsa, é o filme de abertura do Doclisboa 2014. A produção retrata os protestos populares que se iniciaram em Novembro de 2013 na praça central de Kiev, contra o regime do presidente deposto Viktor Yanukovich. O filme estreou em Cannes 2014 onde venceu o prémio FIPRESCI.

A sessão de abertura decorrerá a 16 de Outubro, no Grande Auditório da Culturgest. Ao mesmo tempo, mas no Pequeno Auditório, serão exibidos os filmes Medium Earth, do colectivo The Otolith Group; assim como a curta Traces, de Wang Bing. Já no Cinema São Jorge irá ser apresentado Ai Weiwei's Appeal ¥15,220,910,50; do activista chinês Ai Weiwei.

Na secção Heart Beat destaque ainda para a estreia Fado Camané, do português Bruno de Almeida e o encerramento da secção com Berlin, de Julian Schnabel, na véspera do primeiro aniversário da morte de Lou Reed.

O festival Doclisboa 2014 encerrará com Socialism, do realizador finlandês Peter von Bagh. O festival decorrerá de 16 a 26 de Outubro.

Leonel Vieira é o realizador do remake de "O Pátio das Cantigas"


A produtora Stopline revelou que o realizador Leonel Vieira (Zona J) está a filmar um remake da comédia portuguesa O Pátio das Cantigas (1942), considerado um dos filmes mais icónicos da "época de ouro" do cinema português, nas décadas 1930 e 1940.

As filmagens iniciaram-se recentemente na Vila Berta, em Lisboa e contam com participação de Miguel Guilherme (Conta-me Como Foi), César Mourão (Sal), Dânia Neto (Laços de Sangue), Sara Matos (O Beijo do Escorpião), Anabela Moreira (Sangue do Meu Sangue) e Cristóvão Campos (Os Filhos do Rock). A rodagem deste filme integrará uma «trilogia de clássicos» com remakes de outros filmes do mesmo período - e que deverão ser filmados de seguida. Desconhece-se ainda o nome dos outros projectos e se Leonel Vieira será também o realizador.

O remake O Pátio das Cantigas deverá estrear em 2015.

Poster final de "Interstellar", de Christopher Nolan

A Warner Bros. divulgou um poster final de Interstellar:


Realizado por Christopher Nolan (Inception), Interstellar estreia em Portugal a 6 de Novembro.

Portugal sem qualquer produção pré-seleccionada aos European Film Awards 2014


A Academia Europeia de Cinema revelou uma lista com cinquenta filmes pré-seleccionados aos European Film Awards 2014. Apesar de contar com trinta e um países representados, Portugal não tem qualquer produção pré-eleita, ilustrando os efeitos do chamado ano zero do cinema português. França encontra-se representada com onze títulos, enquanto que a Alemanha se ficou pelos nove.

Nas próximas semanas, os mais de 3 mil membros da Academia votarão para os nomeados nas categorias de Melhor Filme, Realizador, Actor, Actriz e Argumento. A lista será anunciada a 8 de Novembro, no Festival de Cinema Europeu de Sevilha. Um júri seleccionado decidirá os vencedores nas categorias de Melhor Director de Fotografia, Montador, Designer de Produção, Figurinista, Compositor e Designer de Som.

A cerimónia oficial dos European Film Awards 2014 terá lugar em Riga, a 13 de Dezembro.
  • Adieu au Langage, de Jean-Luc Godard (França)
  • Alienation, de Milko Lazarov (Bulgária)
  • Amour Fou, de Jessica Hausner (Áustria, Alemanha e Luxemburgo)
  • Bande de Filles, de Céline Sciamma (França)
  • Bird People, de Pascale Ferran (França)
  • Blind, de Eskil Vogt (Holanda, Noruega)
  • Blind Dates, de Levan Koguashvili (Geórgia)
  • Calvary, de John Michael McDonagh (Irlanda)
  • Caníbal, de Manuel Martín Cuenca (Rússia, Roménia, França e Espanha)
  • Class Enemy, de Rok Bicek (Eslovénia)
  • Concrete Night, de Pirjo Honkasalo (Dinamarca, Suécia e Finlândia)
  • The Dark Valley, de Andreas Prochaska (Áustria)
  • Deux jours, une nuit; de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne (Bélgica, Itália e França)
  • Fair Play, de Andrea Sedlackova (República Checa, Alemanha e Eslováquia)
  • Force majeure, de Ruben Östlund (Suécia, Dinamarca e Noruega)
  • Frank, de Lenny Abrahamson (Reino Unido e Irlanda)
  • Hermosa Juventud, de Jaime Rosales (Espanha e França)
  • Home from Home: Chronicle of a Vision, de Edgar Reitz (Alemanha, França)
  • Of Horses and Men, de Benedikt Erlingsson (Islândia, Alemanha e Noruega)
  • Ida, de Pawel Pawlikowski (Dinamarca e Polónia)
  • Il Capitale Umano, de Paolo Virzì (Itália)
  • In Order of Disappearance, de Hans Petter Moland (Noruega)
  • Kertu, de Ilmar Raag (Estónia)
  • The Kindergarten Teacher, de Nadav Lapid (Israel e França)
  • Kuzu, de Kutlug Ataman (Alemanha e Turquia)
  • La Herida, de Fernando Franco (Espanha)
  • La meraviglie, de Alice Rohrwacher (Itália, Alemanha e Suíça)
  • Leviathan, de Andrey Zvyagintsev (Rússia)
  • Life in a Fishbowl, de Baldvin Zophoníasson (Suécia, Finlândia, Islândia e República Checa)
  • Locke, de Steve Knight (Reino Unido)
  • That Lovely Girl, de Keren Yedaya (Israel)
  • Macondo, de Sudabeh Mortezai (Áustria)
  • Miss Violence, de Alexandros Avranas (Grécia)
  • Mr. Turner, de Mike Leigh (Reino Unido, Alemanha, França)
  • Nymphomaniac - Director's Cut, de Lars von Trier (Dinamarca)
  • Papusza, de Joanna Kos e Krzysztof Krauze (Polónia)
  • Starred Up, de David Mackenzie (Reino Unido)
  • Still Life, de Uberto Pasolini (Reino Unido e Itália)
  • Stratos, de Yannis Economides (Grécia)
  • Traumland, de Petra Volpe (Suíça)
  • The Tribe, de Miroslav Slaboshpitsky (Ucrânia)
  • Under the Skin, de Jonathan Glazer (Reino Unido)
  • We Are the Best!, de Lukas Moodysson (Suécia e Dinamarca)
  • Violette, de Martin Provost (Bélgica e França)
  • Vivir es fácil con los ojos cerrados, de David Trueba (Espanha)
  • Walesa: Man of Hope, de Andrzej Wajda (Polónia)
  • When Evening Falls on Bucharest or Metabolism, de Corneliu Porumboiu (Roménia)
  • White God, de Kornél Mundruczó (Suécia, Alemanha e Hungria)
  • Winter Sleep, de Nuri Bilge Ceylan (França, Alemanha e Turquia)
  • Wolf, de Jim Taihuttu (Holanda)

"Os Maias" foi visto por mais de 21 mil espectadores na semana de estreia


O filme Os Maias - Cenas da Vida Romântica foi visto por 21.148 espectadores, nos primeiros sete dias de exibição em Portugal, segundo dados do ICA. A produtora Ar de Filmes já dá conta, no entanto, de mais de 30 mil espectadores conseguidos no seu segundo fim-de-semana de exibição. Adaptado da obra de Eça de Queirós pelo cineasta português João Botelho, o filme encontra-se em exibição em vinte e três ecrãs de doze localidades do país e em Novembro efectuará uma digressão pelo país - tanto a locais com pouco acesso ao cinema nacional, como ao público escolar.

Com este valor de audiência, o filme conseguiu tornar-se a terceira maior audiência do ano em Portugal, para um filme de produção portuguesa. Encontra-se apenas atrás de Sei Lá, de Joaquim Leitão (61.730 espectadores) e Ruas Rivais, de Márcio Loureiro (36.007 espectadores).

Os Maias será ainda exibido no Brasil (país co-produtor) e terá uma versão televisiva, a ser exibida em 2015, no canal RTP1.

Comentários recentes no blogue

Powered by Disqus

Receive all updates via Facebook. Just Click the Like Button Below

?

You Can also Receive Free Email Updates:

Powered By NBT