domingo, 30 de agosto de 2015

Estreias 27 Ago'15: As Mil e Uma Noites: O Inquieto, Bande de filles, The Young and Prodigious T.S. Spivet, Absolutely Nothing, We Are Your Friends, Hitman: Agent 47, Pressure e Ooops! Noah is Gone...

Dia 27 de Agosto, pode contar com as seguintes estreias numa sala de cinema perto de si:

Destaques:

  As Mil e Uma Noites: Volume 1, O Inquieto
Ano: 2015
Encadeando histórias que vão das manifestações de rua ao silêncio dos estaleiros de Viana do Castelo, passando pelo desespero de um desempregado, pelas manobras do político euro(s)centrado, pelos incêndios de Verão ou mesmo pelo tradicional banho de Ano Novo, é traçado um retrato do Portugal real – mesmo que essa realidade tome por vezes uma aparência absurda e fantasiosa – que pulsa sob o jugo da austeridade. Realizado por Miguel Gomes ("Aquele Querido Mês de Agosto", "Tabu"), "O Inquieto" é o primeiro tomo de uma trilogia que se completa com "O Desolado" e "O Encantado". A colecção toma o título – e a estrutura – dos famosos contos árabes clássicos em que a princesa Xerazade oferecia todos os dias, em troca da sua vida, uma história nova ao rei Shahriar. Todos os volumes d'"As Mil e Uma Noites" de Miguel Gomes são também narrados por uma Xerazade e começam por parafrasear a contadora de histórias original: "Escuta, ó venturoso rei, fui sabedora de que, num triste país entre os países..." As filmagens do tríptico decorreram ao longo de um ano, começando em Agosto de 2013, a partir de um guião em construção que tinha como base histórias recolhidas na sociedade portuguesa contemporânea por um grupo de jornalistas: Maria José Oliveira, Rita Ferreira e João Dias. O realizador descreve o projecto como um misto de "ficção e retrato social, tapetes voadores e greves", lembrando que "imaginário e realidade nunca puderam viver um sem o outro (e Xerazade bem o sabe)". Desde a sua estreia na Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes, onde foi calorosamente recebido, "O Inquieto" percorreu os grandes festivais de cinema internacionais, arrecadando distinções como o Prémio da Crítica Internacional (Fipresci) ou o prémio máximo da selecção oficial do Festival de Cinema de Sydney.

Outras sugestões:

Bando de Raparigas (Bande de filles)
Ano: 2014
Realização: Céline Sciamma
Argumento: Céline Sciamma
Género: Drama
Elenco: Karidja Touré, Assa Sylla, Lindsay Karamoh
Marieme é uma adolescente que vive num bairro problemático dos subúrbios de Paris (França). Sente-se oprimida pela família, por um contexto social dominado pelo sexo masculino e pela falta de perspectivas de futuro. Quando conhece um "gang" de raparigas que se norteiam apenas pelas próprias vontades e não dão satisfações a ninguém, vê ali a sua grande hipótese de libertação. Para ser aceite no grupo, adopta uma nova identidade, muda de nome e deixa a escola. Com aquelas raparigas, a agora conhecida como Vic irá desenvolver a sua autoconfiança e encontrar o sentimento de pertença por que tanto ansiava. Mas também há-de descobrir que a liberdade que alcançou está longe de ser sinónimo de plena felicidade... Apresentado em Cannes, na Quinzena dos Realizadores, um drama que parte das dores e descobertas inerentes à adolescência para questionar estereótipos de raça, género e classe social. A realização é de Céline Sciamma (“Naissance des Pieuvres”, "Tomboy"), que também assina o argumento. O filme recebeu quatro nomeações para os Césares, incluindo na categoria de Actriz Revelação, pela interpretação de Karidja Touré, no papel de Marieme/Vic.

O Jovem Prodígio T.S. Spivet (The Young and Prodigious T.S. Spivet)
Ano: 2013
Realização: Jean-Pierre Jeunet
Argumento: Jean-Pierre Jeunet, Guillaume Laurant
Género: Drama, Aventura
Elenco: Kyle Catlett, Helena Bonham Carter, Judy Davis

Num rancho remoto do Montana vive o pequeno T.S. Spivet, um menino de dez anos que, além de ter uma imaginação fértil, é dotado de uma inteligência fora do comum, que coloca ao serviço da sua paixão pela ciência. Vive com o pai, que tem alma de vaqueiro; a mãe, uma estudiosa de escaravelhos; e a irmã adolescente, que sonha com a fama. O retrato de família ficaria completo com o irmão gémeo de T.S., de cuja morte todos se recusam a falar. Um dia, T.S. recebe da instituição Smithsonian a notícia de que uma das suas invenções conquistou um prestigiado prémio. Orgulhoso, T.S. decide ir receber o galardão a Washington D.C., mesmo que isso implique atravessar praticamente todo o território dos EUA. Sozinho e deixando apenas um bilhete a dar conta à família das suas intenções, embarca numa viagem marcante e incrível que irá mudar para sempre a sua vida. Realizado por Jean-Pierre Jeunet ("O Fabuloso Destino de Amélie Poulain", "Delicatessen"), um drama repleto de ternura, aventura e fantasia. O argumento, co-escrito por Jeunet e Guillaume Laurant, baseia-se no primeiro romance do escritor norte-americano Reif Larsen, "The Selected Works of T.S. Spivet", publicado em 2009. O papel do menino-prodígio está entregue a Kyle Catlett. Callum Keith Rennie, Helena Bonham Carter, Niamh Wilson e Judy Davis também integram o elenco.

Absolutely Nothing - Uma Comédia Intergaláctica (Absolutely Nothing)
Ano: 2015
Realização: Terry Jones
Argumento: Gavin Scott, Terry Jones
Género: Comédia, Ficção-científica
Elenco: Kate Beckinsale, Simon Pegg, Robin Williams
Algures no espaço sideral, os extraterrestres-membros do Concílio Intergaláctico debatem a destruição da Terra. Mas, antes de tomarem a decisão definitiva, resolvem entreter-se a observar as acções de um terráqueo comum, escolhido ao acaso, a quem atribuem o poder de concretizar tudo o que bem entender, para o bem e para o mal. Será a sua conduta a ditar o destino do planeta. É assim que, de um dia para o outro, o muito humano Neil Clarke percebe que pode ver realizados todos os seus desejos... Agora, é só esperar para ver o que vence: o seu egoísmo ou a sua vontade de servir um mundo melhor. Uma comédia realizada por Terry Jones, da trupe de humor Monty Python, cujos elementos também participam no filme ao dar voz aos excêntricos seres do Concílio Intergaláctico. Simon Pegg, o protagonista, é ladeado por actores como Kate Beckinsale, Sanjeev Bhaskar, Rob Riggle, Eddie Izzard ou Joanna Lumley. A voz de Dennis, o cão falante do personagem principal, pertence a Robin Williams, naquele que foi o seu derradeiro papel no cinema.

Nós Somos Teus Amigos (We Are Your Friends)
Ano: 2015
Realização: Max Joseph
Género: Drama, Musical
Elenco: Zac Efron, Wes Bentley, Emily Ratajkowski

Cole Carter é um jovem norte-americano com talento para o "DJing" que aspira ao sucesso na cena musical electrónica de Hollywood (EUA). Trabalha afincadamente para conseguir produzir um tema que consiga lançá-lo definitivamente para a fama e a fortuna, alinhando planos de promoção com a ajuda dos amigos de infância. A certa altura, conhece James, um DJ veterano que assume o papel de seu mentor. Conhece também Sophie, a namorada de James. Cole acaba por se apaixonar por ela, comprometendo as expectativas para a sua carreira. A partir desse momento, entra numa espiral de decisões difíceis que envolvem tanto a busca da sua voz artística como a fidelidade às suas raízes, sem esquecer aquele amor proibido... Um filme sobre música, ambição e sonhos de juventude. É a estreia na realização de uma longa-metragem de Max Joseph, conhecido pelo programa televisivo "Catfish: The TV Show", transmitido pela MTV. O elenco conta com Zac Efron, Wes Bentley e Emily Ratajkowski.

Hitman (Hitman: Agent 47)
Ano: 2015
Realização: Aleksander Bach
Género: Thriller, Acção
Elenco: Rupert Friend, Hannah Ware, Zachary Quinto

Não tem nome. Apresenta-se como 47, número correspondente aos dois últimos dígitos do código de barras que tem tatuado na nuca. Sempre impecável no seu fato preto engomado, é um ser minucioso, misterioso e letal. É dotado de capacidades extraordinárias no que respeita a força, energia, rapidez e inteligência. Apesar de humano, foi alvo de manipulação genética com o objectivo de o tornar uma perfeita e implacável máquina de matar. Ele é a versão mais recente de décadas de estudo e aperfeiçoamento. Mas há uma organização que está determinada a obter os planos e segredos da sua "construção", com o objectivo de criar um exército de assassinos ainda mais mortíferos do que ele. No limite, o agente 47 terá de unir forças com uma mulher cujos conhecimentos e ligações serão determinantes não só para o desfecho da missão, como também para a revelação de informações surpreendentes, incluindo sobre as suas próprias origens. Realizado por Aleksander Bach, um "reboot" do filme de Xavier Gens que, em 2007, transportou para o cinema a acção e suspense do videojogo homónimo. O novo "Hitman" foi co-escrito por Michael Finch e Skip Woods, este último responsável pelo argumento do filme anterior. Os papéis principais estão entregues a Rupert Friend, Hannah Ware e Zachary Quinto.

Pressão (Pressure)
Ano: 2015
Realização: Ron Scalpello
Género: Thriller
Elenco: Danny Huston, Matthew Goode, Joe Cole

No oceano Índico, ao largo da Somália, um navio sofre uma avaria. Quatro tripulantes são destacados para efectuar a reparação, embarcando num sino de mergulho. Sabiam que se aproximava uma tempestade, mas não poderiam imaginar os efeitos que teria na sua tarefa. Subitamente, descem a pique em direcção ao fundo. Depois, percebem que o seu navio naufragou, pelo que não há ninguém que os possa resgatar. Com o oxigénio a escassear, sujeitos à pressão da profundidade e obrigados a trabalhar no espaço exíguo do submersível, vão ter de recorrer a todo o seu treino de mergulhadores – e, mais ainda, à capacidade de manter a lucidez – para conseguirem escapar com vida do que se lhes afigura como um túmulo no fundo do mar. No meio da tensão e da claustrofobia, são os instintos de sobrevivência que primeiro vêm à superfície... "Thriller" sobre a reacção humana em condições extremas, "Pressão" corresponde à segunda longa-metragem realizada por Ron Scalpello, depois de "Jovens Delinquentes". Os papéis principais são interpretados por Danny Huston, Matthew Goode, Joe Cole e Alan McKenna.

Upsss! Lá Se Foi a Arca...
(Ooops! Noah Is Gone...)
Ano: 2015
Realização: Toby Genkel, Sean McCormack
Género: Animação 
Reza a Bíblia que um homem chamado Noé foi chamado por Deus a construir uma grande arca que albergasse todos os animais, grandes e pequenos, de um dilúvio de proporções universais. Esta história é bem conhecida. Mas outra ficou por contar: o que aconteceu aos animais que não tiveram a sorte de embarcar? Dave e o filho, Finny, são nestrians, criaturas peludas, coloridas e trapalhonas que ouvem falar do fim do mundo iminente. Inicialmente aliviados ao tomarem conhecimento da construção da arca por esse bondoso Noé, rapidamente percebem que não estão na lista dos animais escolhidos. Nada que os consiga demover. Graças a um estratagema levado a cabo com a ajuda involuntária de dois grymps – Hazel e a sua filha, Lea –, lá conseguem entrar na arca. Mas a curiosidade das duas crianças faz com que, acidentalmente, acabem por ficar do lado de fora. Os pais, desesperados, terão de arranjar maneira de pôr de lado as suas diferenças e trabalhar em conjunto para resgatar as crias. Estas, entregues a si próprias, terão de dar o melhor de si para conseguirem sobreviver à subida das águas. Pelo caminho, vão viver uma série de peripécias e aprender o quanto a amizade pode fazer a força. Uma comédia de animação para toda a família, com realização de Toby Genkel e Sean McCormack, que resulta de uma co-produção europeia. A versão portuguesa conta com as vozes de Carlão, Cifrão, César Mourão, Ana Sofia Martins e Diogo Piçarra, entre outros.
Sinopses: Cinecartaz Público

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

domingo, 23 de agosto de 2015

Poster de "Star Wars: Episode VII - The Force Awakens"

Durante a D23 foi revelado um novo poster de Star Wars: Episode VII - The Force Awakens:


O cartaz foi desenhado por Drew Struzan, artista reformado e responsável pela concepção dos posters dos seis primeiros filmes da saga Star Wars. Realizado por J.J. Abrams (Star Trek), Star Wars: O Despertar da Força estreia a 17 de Dezembro.

Primeiro poster de "Joy", de David O. Russell

Foi revelado o primeiro trailer de Joy, o mais recente filme de David O. Russell (American Hustle), sobre Joy Mangano (Jennifer Lawrence), uma mãe solteira de Long Island que tornou-se uma das mais bem-sucedidas empreendedoras dos Estados Unidos ao inventar a Miracle Mop (uma conhecida marca de uma esfregona de plástico resistente e que se tornou um sucesso de vendas).


Ao elenco juntam-se ainda Bradley Cooper (American Hustle), Robert De Niro (Silver Linings Playbook), Virginia Madsen (Sideways), Édgar Ramírez (Carlos) e Isabella Rossellini (Blue Velvet).

Joy estreia em Portugal a 18 de Fevereiro de 2016.

Leia também:

Canal Syfy cancela "Haven"


O canal Syfy anunciou o cancelamento de Haven. A quinta temporada da série foi composta por vinte e seis episódios (com a sua exibição dividida entre 2014 e 2015), de forma a evitar gastos adicionais já que os contratos que encerravam com a temporada teriam que ser renovados e os custos de produção teriam de ser actualizados para que pudesse chegar à sexta temporada. Ao duplicar os episódios, o canal eliminou estes custos. Os primeiros treze episódios foram vistos por cerca de 860 mil espectadores, número abaixo dos 1,47 milhões da temporada anterior.

Haven encerra com cinco temporadas e setenta e oito episódios. Os treze últimos episódios começarão a ser exibidos a partir de 8 de Outubro.

TVSéries passa a ter exclusividade na exibição dos conteúdos do canal HBO

O canal português TVSéries passará a ter exclusividade na exibição dos conteúdos do canal norte-americano HBO. Esta informação vem na sequência do vídeo que dava conta que o canal HBO chegaria a Portugal a partir de 1 de Setembro e que fez muitos pensar que o canal chegaria mesmo em nome próprio ao cabo nacional ou através da plataforma HBO GO. Tudo não passava afinal de uma campanha de marketing da NOS que através do canal TVSéries já exibia em Portugal grande parte das produções do canal norte-americano.

O canal TVSéries passará a ter a assinatura exclusiva Home of HBO, como já acontece no Reino Unido (SKY Atlantic), Alemanha (SKY Deutschland), Israel (YES Oh), Nova Zelândia (SoHo) ou Austrália (Foxtel).

Para além das novas temporadas de True Detective, The Knick, The Leftovers, Girls, Veep ou Silicon Valley, a partir de Setembro, o canal contará com novas produções, como as minisséries Olive Kitteridge (estreia dia 7 de Setembro), The Casual Vacancy (estreia dia 16 de Setembro), Show Me A Hero (estreia dia 5 de Setembro) ou as séries Ballers (estreia dia 3 de Setembro) e The Brink (estreia dia 24 de Setembro).  Filmes como Bessie, Nightingale ou o documentário The Jinx: The Life and Deaths of Robert Durst terão também estreia no canal. Para 2016, o canal já confirmou a presença de Westworld e Vinyl.


Séries da HBO que em Portugal eram exibidas em outros canais portugueses passarão a ser também exibidas no canal TVSéries: casos de Boardwalk Empire, The Pacific (já exibidas em Portugal pelo canal AXN), Mildred Pierce (exibida no canal FOX Life) e as primeiras temporadas de Game of Thrones (neste último caso, desconhece-se se os direitos de exibição das futuras temporadas da série pertencerão ainda ao canal Syfy Portugal).

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Estreias 20'Ago: Métamorphoses, It Follows, Verão com Jacques Tati, Songs from the North, Self/Less, Vacation, You're Not You e Tinker Bell: Legend of the Neverbeast

Dia 20 de Agosto, pode contar com as seguintes estreias numa sala de cinema perto de si:

Destaques:

  Metamorfoses (Métamorphoses)
Ano: 2014
Realização: Christophe Honoré
Argumento: Christophe Honoré
Género: Fantasia
Elenco: Amira Akili, Sébastien Hirel, Mélodie Richard
Depois de seduzida por Júpiter, um rapaz de uma enorme beleza, a jovem Europa segue-o. Nessa viagem, vai conhecer histórias extraordinárias sobre a força da paixão e do desejo, observando as terríveis provações pelas quais passam os mortais caídos em desgraça perante os caprichos dos deuses. Com assinatura do realizador francês Christophe Honoré ("Em Paris", "As Canções de Amor", "Não Minha Filha, Tu Não Vais Dançar"), esta é uma adaptação livre e actualizada da mais famosa obra clássica do poeta latino Ovídio: "Metamorfoses", um poema épico composto por 250 narrativas e 12 mil versos em latim, que representa o princípio dos tempos, narrando a transfiguração dos homens e dos deuses mitológicos em animais, árvores, rios ou pedras. O elenco conta com Amira Akili, Sébastien Hirel, Damien Chapelle, Mélodie Richard, Georges Babluani e Vimala Pons, todos actores não-profissionais.

Outras sugestões:

Vai Seguir-te (It Follows)
Ano: 2014
Realização: David Robert Mitchell
Argumento: David Robert Mitchell
Género: Terror, Thriller
Elenco: Maika Monroe, Keir Gilchrist, Olivia Luccardi
Jay era uma rapariga igual às outras até ao dia em que, depois de uma noite de sexo com o namorado, acordou presa a uma cadeira de rodas. Desesperado, ele pede-lhe perdão e explica que, através da relação sexual, lhe passou uma maldição de que foi vítima no passado. Jay fica também a saber que a partir daquele momento se sentirá constantemente seguida por uma entidade maligna que, tomando várias formas, a tentará matar. A única maneira de se livrar do esconjuro é passá-lo a outra pessoa. Numa luta pela própria vida, e com a ajuda de alguns dos seus amigos mais próximos, a jovem entra num pesadelo inimaginável, consciente de que a sua salvação depende da condenação de alguém inocente… Com realização de David Robert Mitchell, um filme de terror que se baseia num pesadelo recorrente da sua própria infância.

Verão com Jacques Tati
Realização: Jacques Tati

Jacques Tati nasceu na comuna francesa de Le Pecq, a 9 de Outubro de 1907. Alto e de porte atlético, dedicou parte da juventude ao râguebi. Mas foi no cinema, já em 1932, como personagem na curta "Oscar, Champion de Tennis", realizada por Jack Forrester, que descobriu a sua vocação. Mais tarde, com o cómico Senhor Hulot, a personagem mais carismática da sua carreira, conquistou público de todas as idades e estratos sociais. Sob o humor, fazia uma crítica mais ou menos velada à sociedade da época. Com apenas seis longas-metragens no currículo enquanto realizador, Jacques Tati conseguiu a proeza de, entre outros importantes galardões, receber o prémio de Melhor Argumento no Festival de Cinema de Veneza (Há Festa na Aldeia, 1949), uma nomeação para o Óscar de Melhor Argumento Original (As Férias do Sr. Hulot, 1953) e o Prémio Especial do Júri em Cannes (O Meu Tio, 1958). Depois de vários anos sem filmar, regressou, em 1967, com o filme Playtime - Vida Moderna, uma superprodução que praticamente o levou à ruína financeira. Ainda tentou recuperar o apreço do público com os filmes Sim, Sr. Hulot (1971) e Parade (feito para televisão, em 1974), mas sem sucesso. Jacques Tati morreu de uma embolia pulmonar, a 5 de Novembro de 1982, aos 75 anos. Para celebrar o seu cinema, a distribuidora Leopardo Filmes decidiu mostrar a sua obra completa em versões restauradas e digitais. Estão anunciadas as seis longas que realizou e ainda sete curtas que, segundo a distribuidora, foram recentemente resgatadas à invisibilidade (algumas realizadas por si, outras em que é protagonista). A partir de 20 de Agosto, as obras são mostradas no Espaço Nimas, em Lisboa; a 1 de Setembro, o ciclo segue para o Teatro Municipal Campo Alegre, no Porto.

Canções do Norte (Songs from the North)
Ano: 2014
Realização: Soon-Mi Yoo
Género: Documentário
No final da Segunda Grande Guerra, as potências mundiais deixaram de reconhecer a legalidade da ocupação japonesa na Coreia. As forças nipónicas foram obrigadas a render-se à União Soviética, que ocupara o Norte da Coreia, e aos Estados Unidos, que tinham ocupado o Sul. Em 1948, como consequência da divisão da península entre soviéticos e norte-americanos, surgiram dois países independentes: a Coreia do Norte e a Coreia do Sul. No Norte, um guerrilheiro de nome Kim Il-sung (1912-1994) obteve o poder através do apoio soviético e foi nomeado Presidente Eterno e secretário-geral do Partido dos Trabalhadores da Coreia. No Sul, um político de direita, Syngman Rhee (1875-1965), foi nomeado presidente, tornando-se um ditador até à sua demissão, em 1960. A 25 de Junho de 1950, a Coreia do Norte atravessa o paralelo 38 em direcção à cidade de Seul (capital da Coreia do Sul), dando início à Guerra da Coreia. O Conselho de Segurança das Nações Unidas (ONU) decide intervir, enviando tropas. Por seu lado, a União Soviética e a China decidem apoiar a Coreia do Norte. A 27 de Julho de 1953, depois de três anos de conflito armado, foi acordado um cessar-fogo e foram assinados os termos do armistício, apesar de nenhum tratado de paz ter sido oficializado. As estimativas apontam para 1,2 milhão de mortes durante o conflito. Nascida na Coreia do Sul, a realizadora Soon-Mi Yoo estudou Literatura Alemã na Yonsei University em Seul e Fotografia na Massachussetts College of Arts (EUA), onde hoje é membro da Faculdade de Cinema e Vídeo. Em 2014, intercalando imagens de arquivo, material obtido durante as suas visitas à Coreia do Norte (entre 2010 e 2013), e uma entrevista ao pai (onde é evocada a época anterior à divisão das duas Coreias), a realizadora constrói "Canções do Norte", um filme-ensaio que pretende mostrar um olhar diferente sobre aquele país e os seus habitantes. Nas suas próprias palavras, depois das suas viagens "o que permaneceu foi a beleza das caras e as melodias das canções que carregavam uma emoção genuína que senti consoladora. Comecei a perceber que talvez seja assim que conseguem sobreviver e percebi também que são pessoas que preferem a morte à subjugação e humilhação".  Em 2014, "Canções do Norte", integrou a selecção oficial do Festival de Locarno, onde arrecadou o prémio de Melhor Primeiro Filme.

Outro/Eu (Self/less)
Ano: 2015
Realização: Tarsem Singh
Género: Thriller, Ficção-científica
Elenco: Ryan Reynolds, Natalie Martinez, Matthew Goode

O multimilionário Damian Hale habituou-se a ter o controlo total sobre a sua vida. Mas essa sensação de poder anula-se perante o terrível diagnóstico de um cancro já em fase terminal. Com pouco tempo de vida e sem alternativas que lhe dêem esperança, ele aceita a proposta do professor Albright sobre um procedimento médico capaz de o salvar. Neste "tratamento" inovador, a consciência de uma pessoa é retirada do seu corpo doente e colocada num outro, mais jovem e saudável, criado artificialmente para esse fim. Sem absolutamente nada a perder, Damian resolve aceitar a oferta, encenar a sua própria morte e começar uma nova vida com outro corpo e identidade. Depois da intervenção, que se revela um êxito e que o transforma em Edward Hale, é avisado que, de modo a evitar efeitos secundários, terá de tomar uma medicação diária. Tudo corre como esperado até ele se esquecer de tomar os medicamentos e começar a ter recordações de uma vida que nunca teve... Um "thriller" de ficção científica com realização do indiano Tarsem Singh ("A Cela", "Espelho Meu, Espelho Meu! Há Alguém mais Gira do Que Eu?"), segundo uma história original dos espanhóis David e Àlex Pastor (conhecidos por filmes como "Pandemia" ou "Los Últimos Días"). O elenco conta com Ben Kingsley, Ryan Reynolds, Natalie Martinez, Matthew Goode, Victor Garber e Derek Luke.

Férias (Vacation)
Ano: 2015
Género: Comédia
Elenco: Ed Helms, Christina Applegate, Skyler Gisondo

Determinado a recuperar os laços que sente que se foram perdendo, Rusty Griswold (Ed Helms) resolve aproveitar as férias de Verão para fazer uma surpresa à família. O objectivo é recriar as melhores férias da sua infância, viajando até à Califórnia, onde se situa o "Walley World", o mais famoso parque de diversões de toda a América. Porém, apesar da sua inegável dedicação e do seu planeamento milimétrico, nada acontece como previsto e a família vê-se envolvida nas situações mais inusitadas… Com realização de John Francis Daley e Jonathan Goldstein, uma comédia familiar que reconta as aventuras já antes vividas pela família Griswold no filme "Que Paródia de Férias" (1983), realizado por Harold Ramis e baseado numa experiência real do argumentista John Hughes e da sua família no Walt Disney World. 

Um Ponto de Viragem (You're Not You)
Ano: 2014
Realização: George C. Wolfe
Género: Comédia
Elenco: Hilary Swank, Emmy Rossum, Josh Duhamel


Kate sofre um duro golpe quando, no auge da sua carreira como pianista clássica, descobre que é portadora de esclerose lateral amiotrófica. Sabendo que é uma doença degenerativa que em breve a deixará incapacitada, Evan, o marido, decide contratar alguém para a ajudar. É então que conhecem Bec, uma rapariga alegre que precisa de dinheiro para continuar os estudos universitários. Apesar da relutância de Evan, que a considera bem-intencionada mas pouco responsável, a espontaneidade de Bec conquista Kate, que a contrata. É assim que, entre duas mulheres muito diferentes, nascem laços de amizade profunda. Juntas, elas ver-se-ão crescer como pessoas e aprender a encarar a vida de uma maneira totalmente nova...Com realização de George C. Wolfe ("O Sorriso das Estrelas"), um filme dramático que adapta ao grande ecrã o romance homónimo de Michelle Wildgen. Hilary Swank, Emmy Rossum e Josh Duhamel dão vida às personagens principais. 

Sininho e a Lenda do Monstro da Terra do Nunca
(Tinker Bell and the Legend of the NeverBeast)
Ano: 2014
Realização: Steve Loter
Género: Animação
Para além de traquina e muito curiosa, Fawn, a pequena fada dos animais, tem um coração transbordante de bondade. Para ela, todos os seres têm o direito a existir e ninguém merece ser julgado pelo seu aspecto, por mais insignificante ou temível que possa parecer. Quando um cometa cai sobre o reino do Vale das Fadas e liberta uma enorme criatura conhecida por Monstro do Nunca, o pânico instala-se. Aterrorizadas com o que aquele ser de boca e olhos assustadores possa fazer ao seu lar, as fadas juntam-se para o aprisionar. Mas, ao contrário de todas as outras, Fawn acha que, antes de o capturarem, deveriam tentar conhecê-lo melhor e só depois avaliar as suas intenções. E é assim, de coração aberto, que a pequena fada dos animais faz um amigo para a vida. Sétimo capítulo da saga "Sininho", um filme de animação para os mais pequenos que conta mais uma aventura passada no Vale das Fadas, o lugar mágico onde vive Sininho, a carismática personagem criada pelo autor escocês J. M. Barrie (1860-1937) e que apareceu pela primeira vez na história de Peter Pan.

Sinopses: Cinecartaz Público