domingo, 29 de maio de 2016

Jake Gyllenhaal e Denis Villeneuve voltam a trabalhar juntos em "The Son"


Depois de Enemy (2013) e Prisoners (2013), o actor Jake Gyllenhaal voltará a trabalhar com o realizador canadiano Denis Villeneuve. The Son é uma adaptação cinematográfica do romance homónimo de Jo Nesbo (Headhunters).

A narrativa centra-se em Sonny Lofthus, que aos quize anos tinha pela sua frente uma carreira promissora como wrestler, mas acabou numa espiral descendente após o seu pai, polícia, se suicidou. Doze anos na prisão criaram-lhe uma dependência em heroína, mas quando Sonny descobre os factos que levaram à inesperada morte do seu pai, acaba por fugir e iniciar uma busca pelas pessoas responsáveis.

Denis Villeneuve está a acabar Story of Your Life, com Amy Adams e iniciará as filmagens de Blade Runner 2 ainda este Verão. Não existe cronograma definido para The Son.

sábado, 28 de maio de 2016

"The Americans" é renovada para duas temporadas finais


O canal FX anunciou a encomenda de vinte e três novos episódios da série The Americans. A quinta temporada estreará em 2013, sendo composta por treze episódios. A sexta e temporada final da série será a mais curta, com uma encomenda de dez episódios para concluir a história.

Embora não seja um sucesso de audiência, a série é uma das favoritas da crítica e apela a uma audiência mais velha (metade dos seus espectadores estão acima dos cinquenta anos). O presidente dos conteúdos originais do canal, Eric Schrier, mencionou que as respostas do público à série são mais importantes que as audiências.

A quarta temporada de The Americans encontra-se ainda em exibição. A season finale estreia a 8 de Junho.

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Estreias 25 Mai'16: Love is Strange, Une nouvelle amie, The Nice Guys, Alice in Wonderland: Through the Looking Glass e Une famille à louer

Dia 25 de Maio pode contar com as seguintes estreias numa sala de cinema perto de si:

Destaques:

  Love is Strange - Amor é Uma Coisa Estranha (Love is Strange)
Ano: 2014
Realização:
Argumento: ,
Género: Drama
Elenco: , ,
Depois de quase quatro décadas de vida em comum e entusiasmados com a aprovação do casamento de pessoas do mesmo sexo, Ben e George decidem oficializar a sua relação. A celebração é especial e eles sentem-se particularmente felizes por poderem, finalmente, viver aquele momento de partilha com os seus amigos e familiares. Porém, quando menos esperam, Ben é despedido do seu emprego como professor de coro num colégio católico. A razão é simples: as autoridades eclesiásticas não aprovam o casamento entre homossexuais. Sem economias, e cientes de que os trabalhos artísticos de George não lhes podem garantir o sustento, vêem-se obrigados a deixar o espaçoso apartamento que sempre partilharam em Nova Iorque (EUA). Até encontrarem um lugar que possam pagar, têm de recorrer à generosidade dos que lhes são mais próximos. Ben hospeda-se em casa de um sobrinho, com a sua mulher e filho adolescente, enquanto George fica em casa de amigos. Mas a nova vida em lares temporários torna-se bastante mais desgastante do que poderiam imaginar… Estreado, em 2014, no Festival de Cinema de Sundance (EUA), um drama multigeracional sobre amor e relações humanas, que conta com a realização de Ira Sachs ("Forty Shades of Blue", "Casamentos e Infidelidades", "Deixa as Luzes Acesas"), segundo um argumento seu e de Mauricio Zacharias. John Lithgow, Alfred Molina, Marisa Tomei, Tatyana Zbirovskaya, Charlie Tahan, Cheyenne Jackson, Manny Perez e Charlie Tahan dão vida às personagens.

Outras sugestões:

Uma Nova Amiga (Une nouvelle amie)

Ano: 2014
Realização:
Argumento:
Género: Drama
Elenco: , ,
Laura e Claire sempre foram amigas inseparáveis. Quando a primeira morre devido a uma doença prolongada, deixando Davis, o marido, totalmente desconsolado e com uma filha bebé a seu cargo, Laura promete que os apoiará em tudo o que puder. Para isso, resolve ir a casa de David o máximo de vezes que conseguir para ajudar a cuidar da criança. Um dia, ao entrar sem aviso em casa dele, depara-se com uma desconhecida com a bebé ao colo. Há anos que ele guarda um segredo que está agora pronto para revelar. Entre eles nasce assim uma nova cumplicidade que decidem manter em segredo.
Com realização e argumento do aclamado realizador francês François Ozon ("Sob a Areia", "Swimming Pool", "O Tempo Que Resta", "Potiche - Minha Rica Mulherzinha", "Dentro de Casa"), um melodrama que adapta ao grande ecrã o conto homónimo da escritora inglesa Ruth Rendell (1930-2015). O protagonismo está entregue aos actores Romain Duris, Anaïs Demoustier, Raphaël Personnaz e Isild Le Besco.


Bons Rapazes (The Nice Guys)

Ano: 2016
Realização:
Argumento:  ,
Género: Comédia, Policial
Elenco:  , ,
Los Angeles (EUA), década de 1970. Amelia, a filha de Judith Kuttner, uma funcionária do Departamento de Justiça, encontra-se desaparecida. Desesperada, Judith contrata Jackson Healy, um detective privado cujos métodos pouco ortodoxos o tornaram uma espécie de celebridade na área. O que rapidamente vem a descobrir é que o desaparecimento parece estar estranhamente relacionado com a morte de uma antiga estrela de filmes pornográficos. Quando a missão se revela mais complicada do que se previa, Healy pede ajuda a Holland March, um colega de profissão que, embora um pouco limitado, parece estar ligado à mesma investigação. À medida que vão avançando, eles percebem que se estão a envolver numa conspiração com ramificações inesperadas. Com argumento e realização de Shane Black ("Kiss Kiss Bang Bang", "Homem de Ferro 3"), uma comédia de acção que conta com Russell Crowe, Ryan Gosling, Kim Basinger, Angourie Rice e Margaret Qualley nos papéis principais.
Alice do Outro Lado do Espelho (Alice in Wonderland: Through the Looking Glass)

Ano: 2016
Alice descobre um espelho mágico. Ao aproximar-se, percebe que consegue atravessá-lo e vê-se de novo no País das Maravilhas. Lá chegada, verifica que, infelizmente, muita coisa mudou enquanto esteve ausente. O seu grande amigo Chapeleiro Louco corre perigo de vida. Para o salvar, Alice deve conversar com o Tempo, personagem implacável e vingativa, de modo a poder voltar ao passado e alterar as circunstâncias presentes. Nesta aventura, vai também descobrir o motivo que separou as irmãs Rainha Branca e Rainha Vermelha. Depois das peripécias contadas no filme "Alice no País das Maravilhas", realizado por Tim Burton em 2010, o mundo fantástico imaginado por Lewis Carroll é transportado para o grande ecrã pelo realizador James Bobin ("Os Marretas", "Marretas Procuram-se"), através de um argumento de Linda Woolverton e com Tim Burton na equipa de produção. O elenco traz caras repetentes: Mia Wasikowska, que volta a fazer de Alice, Johnny Depp, que interpreta o Chapeleiro Louco, Anne Hathaway como Rainha Branca e Helena Bonham Carter enquanto Rainha Vermelha. As novidades chegam com Sacha Baron Cohen, que se junta ao elenco para interpretar o Tempo, e Rhys Ifans, como pai do Chapeleiro Louco.

Aluga-se Família  (Une famille à louer)
Ano: 2015
Género: Comédia, Romance
Elenco: , ,
Paul-André Delalande (Benoît Poelvoorde) é um homem triste e muito solitário. Apesar de viver rodeado de luxo e de tudo o que o dinheiro pode comprar, sente que nunca concretizou o seu sonho mais importante: constituir família. Um dia, ao ver o noticiário, depara-se com a trágica história de Violette Mandini (Virginie Efira), uma jovem mulher que, devido à falta de dinheiro e a dívidas acumuladas, está em vias de perder a casa e os filhos. É então que Paul-André se lembra de uma solução que talvez possa resolver o problema de ambos: ela deixa-o viver com eles como se de um membro da família de tratasse; ele, em troca, paga-lhe todas as dívidas. Porém, o que parecia uma parceria exemplar vai revelar-se uma tremenda complicação…Uma comédia de costumes realizada por Jean-Pierre Améris ("Românticos Anónimos", "A Linguagem do Coração"), segundo um argumento seu e de Murielle Magellan.
Sinopses: Cinecartaz Público

domingo, 22 de maio de 2016

Vencedor do passatempo A 5ª Vaga

"I, Daniel Blake", de Ken Loach, vence Palma d'Ouro no Festival de Cannes 2016


Palma d'Ouro para Melhor Filme
I, Daniel Blake; de Ken Loach

Grande Prémio do Júri
Juste la fin du monde, de Xavier Dolan

Melhor Realizador
Olivier Assayas por Personal Shopper & Cristian Mungiu por Graduation

Prémio do Júri
American Honey, de Andrea Arnold

Melhor Argumento
Asghar Farahdi por The Salesman

Palma d'Ouro para Melhor Actriz
Jaclyn Jose em Ma'Rosa

Palma d'Ouro para Melhor Actor
Shahab Hosseini em The Salesman

Palma d'Ouro para Melhor Curta-Metragem
Timecode, de Juanjo Giménez

Menção Especial para Curta-Metragem
A moça que dançou com o diabo, de João Paulo Miranda Maria

Caméra d'Or
Divines, de Uda Benyamina

Cinefondation
1# Anna, de Or Sinai
2# In the Hills, de Hamid Ahmadi
3# The Noise of Licking de Nadja Andrasev & La culpa, probablemente; de Michael Labarca

"Toni Erdmann" vence prémio FIPRESCI; Xavier Dolan recebe prémio do Júri Ecuménico em Cannes 2016


O filme da selecção oficial do Festival de Cannes 2016 Toni Erdmann venceu o prémio FIPRESCI, da crítica internacional. Realizado por Maren Ade, o filme é um dos favoritos do festival francês com uma hilariante comédia sobre a depressão e as ligações entre pai e filha.


Já o Júri Ecuménico decidiu atribuir o seu prémio a Juste La Fin du Monde, o mais recente filme de Xavier Dolan e que está longe de reunir consensos.  A narrativa segue Louis (Gaspard Ulliel), um escritor com uma doença terminal e que regressa a casa depois de uma longa ausência para contar à sua família que está a morrer. Ao elenco juntam-se Nathalie Baye (Laurence Anyways), Vincent Cassel (Mon roi), Marion Cotillard (La vie en rose) e Léa Seydoux (La vie d'Adèle: Chapitres 1 et 2).

Prémio FIPRESCI
Selecção oficial: Toni Erdmann, de Maren Ade (Alemanha, Áustria)
Un Certain Regard: Dogs, de Bogdan Mirica (Roménia, França, Bulgária)
Semana da Crítica: Grave, de Julia Ducournau (França, Bélgica)

Prémio do Júri Ecuménico
Juste La Fin du Monde, de Xavier Dolan (Canadá, França)
Menções Especiais: American Honey, de Andrea Arnold (Reino Unido) & I, Daniel Blake; de Ken Loach (Reino Unido, França)

"The Happiest Day in the Life of Olli Mäki" vence o prémio Un Certain Regard 2016


A produção finlandesa The Happiest Day in the Life of Olli Mäki foi a vencedora da secção oficial do Festival de Cannes 2016, Un Certain Regard. Juho Kuosmanen trouxe a história sobre o crescendo para a partida que decidiu o campeonato de boxe de 1962, na categoria Peso-Pena. Filmado a preto e branco, a produção centra-se na batalha entre o pasteleiro finlandês Olli Maki e o americano, detentor do título, Davey Moore.

O japonês Harmonium venceu o Prémio do Júri, enquanto que Matt Ross recebeu o prémio para Melhor Realizador por Captain Fantastic. La tortue rouge, primeira produção internacional dos estúdios Ghibli, venceu o Prémio Especial.

Prémio Un Certain Regard
The Happiest Day in the Life of Olli Mäki, de Juho Kuosmanen (Finlândia)

Prémio do Júri
Harmonium, de Kôji Fukada (Japão)

Prémio Especial
La tortue rouge, de Michael Dudok de Wit (França, Japão)

Melhor Realizador
Matt Ross por Captain Fantastic (EUA)

Melhor Argumento
Delphine e Muriel Coulin por Voir du Pays (França)