quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

Exposição "Tim Burton – As Marionetas de Animação"


A propósito da comemoração dos 20 anos do Monstra - Festival de Animação de Lisboa, o Museu da Marioneta inaugura a exposição "Tim Burton - As Marionetas de Animação", dedicada a vários dos filmes de animação do realizador norte-americano. Pudemos ver de antemão o que a exposição reserva, e deixamos aqui algumas das nossas impressões.

Desde Mars Attacks! até Frankenweenie, passando por Corpse Bride, a exposição apresenta uma modesta mas não menos impressionante amostra de diversas marionetas, alguns instrumentos e vários desenhos destes filmes de Tim Burton. Realizados com a técnica de stop-motion - em que modelos reais são manipulados e fotografados, plano por plano, para seguidamente criar a ilusão do seu movimento - pelos estúdios britânicos Mackinnon & Saunders, colaboradores de Tim Burton desde 1996, toda esta é baseada nos próprios desenhos originais do realizador, que podem ser vistos expostos em redor, demonstrado também a natureza tão própria e original saída da mente do autor.



Acompanhados nesta visita por Fernando Galrito, director artístico do Festival Monstra, pudemos conhecer alguns pormenores relativamente ao labor posto neste tipo de animação, seja na utilização de diversas posições pré-estabelecidas das patas de uma ave para a sua movimentação, seja no esqueleto que cada uma destas marionetas esconde no seu interior, o que demonstra ainda mais a dedicação ao pormenor que esta animação possui e exige.


Se por si só estas maravilhosas marionetas são já um encanto de serem admiradas, a forma como a exposição está montada ilustra-as na mesma atmosfera gótica que Burton nos apresenta através desta sua filmografia.
Depois de transpormos as cortinas que resguardam a entrada na exposição, e com uma luz extremamente reduzida, onde cada passo deve ser dado cuidadosamente, quase podemos tocar todos os modelos, com a falta de reflexos nas vitrines que destacam e reforçam perfeitamente o seu conteúdo. Não apresentamos nenhuma imagem do que poderá ser considerada a obra-prima nesta coleccção, para que possam apreciar pessoalmente essa específica cena, aqui colocada literalmente num pódio no final de todo o percurso.

 

 


Apesar da amostra fotográfica, não conseguiríamos nunca expor aqui a qualidade patente nesta técnica cada vez menos utilizada na indústria cinematográfica actual, e é de muito bom grado que a vemos ser reconhecida desta forma no nosso país.
A exposição vai estar patente no Museu da Marioneta a partir de hoje, 6 de Fevereiro até ao dia 19 de Abril de 2020. Pelo modesto custo de 2€ por pessoa, vale a pena levar a família a experienciar o talento transposto para estes filmes, para os ver (ou rever) de seguida.

Sem comentários:

Publicar um comentário