sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Estreias 11 Fev'16: Room, Deadpool, El botón de Nácar, Nostalgia de la Luz, Lisbon Revisited, How To Be Single; Un peau, beaucoup, aveuglément!; Fifty Shades of Black, Obra completa de Andrei Tarkovsky, All Roads Lead to Rome e The Choice

Dia 11 de Fevereiro, pode contar com as seguintes estreias numa sala de cinema perto de si:

Destaques:

  Quarto (Room)
Ano: 2015
Realização: 
Argumento: 
Género: Drama
Elenco: Brie Larson, Jacob Tremblay
Com apenas cinco anos de idade, Jack não faz ideia de que o quarto onde sempre viveu é o lugar onde a mãe tem sido mantida prisioneira durante os últimos sete anos. Apesar de a criança ser fruto de uma violação, ele tem sido a força que tem mantido a rapariga viva. Com esforço, ela tenta, de todas as formas, proporcionar-lhe uma vida “normal”, fazendo o pequeno acreditar que aquele lugar é o mundo inteiro e que o que vêem através do ecrã da televisão nada mais é do que uma fantasia. Quando o captor os informa de que foi despedido e que em breve deixará de poder trazer-lhes mantimentos, a mãe entra em pânico. Decidida a encontrar um modo de garantir a sobrevivência de Jack, arranja uma forma de ele escapar. E é assim que ele informa a polícia e ela é encontrada e libertada. Porém, quando mãe e filho se encontram fora daquele espaço, vão perceber que, de tão habituados à clausura, a liberdade pode ser quase tão aterradora como a total ausência dela… Com realização de Lenny Abrahamson segundo um argumento de Emma Donoghue, um filme dramático sobre sobrevivência e capacidade de adaptação que se baseia no “best-seller” homónimo de Emma Donoghue.

Outras sugestões:

Deadpool (Deadpool)

Ano: 2016
Realização:
Argumento: Rhett Reese, Paul Wernick
Género: Acção
Elenco: , ,
Quando Wade Wilson (Ryan Reynolds), ex-militar e mercenário, é diagnosticado com uma forma agressiva de cancro, percebe que os seus dias estão contados. É então que é desafiado a voluntariar-se para uma experiência científica arriscada que causa uma alteração genética no seu organismo mas que lhe promete a cura para a doença. Sem alternativa, aceita. Depois da intervenção, ele “regressa à vida” como Deadpool, um anti-herói indestrutível com superpoderes de cicatrização e um sentido de humor negro e algo retorcido. Agora, para além de tentar combater o mal e as injustiças sociais, ele só quer vingar-se do homem que destruiu a sua vida. Com argumento de Rhett Reese e Paul Wernick e realização de Tim Millers, que aqui se estreia na realização, um filme de acção e aventura sobre Deadpool, uma das personagens do universo Marvel, criada, em 1991, por Fabian Nicieza e Rob Liefeld. Para além de Reynolds no papel principal, o elenco conta também com Morena Baccarin, Ed Skrein, T. J. Miller, Gina Carano, Brianna Hildebrand, Stefan Kapicic ou Leslie Uggams, entre outros.


O Botão de Nácar (El botón de Nácar)

Ano: 2015
Realização:
Género: Documentário
Cinco anos depois da estreia de “Nostalgia da Luz”, um documentário dobre o deserto de Atacama numa associação à história recente do Chile, o realizador Patricio Guzmán regressa com “O Botão de Nácar”. Com 2670 milhas de costa e paisagens espectaculares, o Chile contém o maior arquipélago do planeta Terra. Agora, voltando a usar a geografia chilena como pano de fundo, este filme fala-nos da importância dos oceanos, onde se ouvem as vozes dos primeiros indígenas da Patagónia, dos primeiros colonos ingleses ou dos prisioneiros políticos da ditadura de Augusto Pinochet (que durou quase duas décadas, entre 1973 e 1990).

Nostalgia da Luz (Nostalgia de la Luz)

Ano: 2010
Realização:
Género: Documentário
O deserto de Atacama localiza-se na região norte do Chile até à fronteira com o Peru. A 3000 metros de altitude e com cerca de 1000 quilómetros de extensão, é considerado o deserto mais alto e mais árido do Mundo, com níveis de precipitação próximos do zero. Por causa disso, o solo de Atacama é comparado a Marte. As temperaturas variam entre os 0º C à noite os 40º C durante o dia. Devido à sua altitude, nuvens quase inexistentes, ar seco e falta de poluição luminosa, este é um dos melhores lugares do Mundo para a observação astronómica e é lá que muitos cientistas procuram vida extraterrestre e tentam perceber os enigmas do Universo. Mas também é no deserto de Atacama que algumas mulheres procuram os restos mortais de familiares perdidos: exploradores, mineiros, índios ou prisioneiros políticos da ditadura de Pinochet… Estreado em 2010 no Festival de Cinema de Cannes, um documentário que conta com realização, argumento e narração do chileno Patricio Guzmán.

Lisbon Revisited (Lisbon Revisited)
Ano: 2014
Realização:
Género: Documentário
Prosseguindo com o 3D que começou a explorar com Cine-Sapiens, a sua contribuição para o projecto colectivo de Guimarães 3x3D, "Lisbon Revisited" é um filme-colagem à volta da obra de Fernando Pessoa. Como o cineasta explicou na introdução à primeira das duas projecções do filme em Locarno, Pessoa é para ele o poeta que melhor define o século XX “mas também os nossos dias”, de uma contemporaneidade omnipresente. A partir de uma selecção de escritos dos seus vários heterónimos (e de uma das cartas de Ofélia Queirós), Pêra constrói uma absorvente e inquietante paisagem sonora de vozes, fragmentos de texto, música pré-existente (Berlioz, Schumann, Mahler) e construções abstractas, o todo ilustrado por imagens de Lisboa manipuladas ao extremo. 

Como Ser Solteira (How to Be Single)
Ano: 2016
Género: Comédia
Depois de ser abandonada pelo namorado, a pobre Alice sente-se incapaz de enfrentar o mundo sem a sua “outra metade”. É então que Robin, uma das suas melhores amigas, decide ensiná-la a “ser solteira” e a sobreviver a uma saída nocturna em alguns dos mais badalados bares e discotecas de Nova Iorque. A cidade é um desafio para todo o tipo de pessoas, estejam elas em busca de amor, sexo ou simples diversão. Para a ajudar nesta nova fase da sua vida, Alice contará também com alguns dos corações mais solitários de todo o território norte-americano… Uma comédia realizada por Christian Ditter (“Deixa o Amor Entrar”) que se inspira no romance com o mesmo nome, escrito em 2008, por Liz Tuccillo. Dakota Johnson, Rebel Wilson, Alison Brie e Leslie Mann dão vida às personagens.

Um Encontro às Cegas (Un peau, beaucoup, aveuglément!)
Ano: 2015
Género: Comédia
Ele é obcecado pela ordem e apenas se consegue concentrar no silêncio absoluto. Ela é uma rapariga tímida que se expressa através da música e que ensaia ininterruptamente para uma audição de um concurso musical. Um dia ela arrenda o apartamento ao lado do dele. Para tornar tudo mais complexo, entre os dois apartamentos existe uma parede com um grave problema de insonorização. Ele precisa do silêncio para trabalhar. Ela, por seu lado, não pode deixar de tocar. Entre os dois vizinhos instala-se uma guerra onde cada um quer impor os seus direitos. Mas sem se aperceberem – e mesmo sem nunca se terem chegado a ver –, os dois criam laços e começam a comunicar, cada um do seu lado da parede. Do confronto surge o entendimento… e assim nasce uma história de amor. Uma comédia escrita e realizada pelo actor francês Clovis Cornillac, que também protagoniza em parceria com Mélanie Bernier.

As Cinquenta Sombras de Black (Fifty Shades of Black)
Ano: 2015
Realização:
Argumento: ,
Género: Comédia
Hannah (Kali Hawk) é uma rapariga tímida que sempre teve dificuldades em relacionar-se com o sexo oposto. Certo dia entrevista Christian (Marlon Wayans), um dos empresários mais ricos e promissores do momento. Nesse encontro, ela descobre um homem fascinante que, para sua surpresa, se mostra interessado em conhecê-la mais intimamente. Nasce assim uma complexa relação erótica e emocional entre ambos: Hannah vê-se envolvida nos prazeres do sadomasoquismo, tornando-se o objecto de desejo de Christian. Realizado por Michael Tiddes (“Inactividade Paranormal”), segundo um argumento de Marlon Wayans e Rick Alvarez, uma comédia que, tal como o nome indica, é uma paródia ao filme “As Cinquenta Sombras de Grey” que, por sua vez, adaptou ao grande ecrã o primeiro volume da trilogia publicada, em 2011 e 2012, pela autora britânica E.L. James e que se tornou num fenómeno de vendas no Mundo inteiro.

Obra completa de Andrei Tarkovsky (Obra completa de Andrei Tarkovsky)
Realização:
A política de retrospectivas e reposições da Leopardo Filmes vira-se para Leste, e para a grande tradição do cinema soviético. É um programa em várias fases, que concilia autores consagrados e há décadas inscritos nos manuais de história do cinema com outros que, para o público em geral, farão figura de autênticas revelações. A primeira começa em Fevereiro com um autor-ícone do cinema soviético dos anos 60 aos anos 80, que filmou o "autor de ícones" Andrei Rubliov (1966) numa das suas obras mais lendárias: Andrei Tarkovsky. Houve um período em que ele era a máxima expressão, fora de portas, do cinema de autor produzido na URSS, com os seus filmes de sentido esguio, fortemente contemplativos e enigmáticos, por vezes em tangente com os universos da ficção científica. A partir de 11 de Fevereiro o Nimas propõe um regresso à sua obra, com todas as longas-metragens de ficção do autor, de A Infância de Ivan (1962), Solaris (1972), O Espelho (1975), Stalker (1979), Nostalgia (1983), ao derradeiro O Sacrifício, feito na Suécia em 1986 (Tarkovsky auto-exilara-se em 1984), fecho de uma obra interrompida pela morte prematura do cineasta nesse mesmo ano de 1986, com 54 anos.

Amor em Roma (All Roads Lead to Rome)
Ano: 2015
Realização:
Argumento: Josh Appignanesi, Cindy Myers
Género: Comédia
De forma a tentar uma reaproximação com Summer, a sua problemática filha adolescente, Maggie decide fazer uma viagem a Itália, o lugar onde vinte anos antes passou os melhores meses da sua vida. Apesar do mau humor e constante espírito de contradição de Summer, Maggie sente que este é o momento de viragem de que tanto precisam. É com este estado de espírito que ela reencontra Luca, um italiano por quem, duas décadas antes, estivera profundamente apaixonada. Porém, apesar da óbvia atracção que ainda os une, aquela reaproximação vai ser dificultada pelas constantes tentativas de fuga de Summer, que tudo fará para encontrar o caminho até ao aeroporto e poder voltar para Nova Iorque. Com realização de Ella Lemhagen e argumento de Josh Appignanesi, uma comédia romântica sobre encontros e desencontros que conta com Sarah Jessica Parker, Raoul Bova, Rosie Day, Paz Vega e Claudia Cardinale nos papéis principais.

Uma Escolha por Amor (The Choice)
Ano: 2016
Realização:
Argumento:
Género: Drama, Romance
Travis Parker (Benjamin Walker) é jovem, feliz e descomprometido. Apesar de apaixonado pela vida, sempre evitou o compromisso, por considerar que isso limitaria a sua liberdade de movimentos. Ele habituou-se a viver rodeado de amigos e isso tem sido suficiente para evitar qualquer sentimento de vazio ou solidão. Mas tudo muda quando conhece Gabby Holland (Teresa Palmer), uma jovem cheia de vida que aluga a casa ao lado da sua. Apesar de Gabby ser comprometida, entre eles nasce uma cumplicidade que, com o tempo, se intensifica. Até que ambos se apercebem de que aquela amizade cada vez mais se assemelha ao verdadeiro amor… Realizado por Ross Katz (“Adult Beginners”), uma comédia romântica que é a 11.ª adaptação cinematográfica de obras de Nicholas Sparks, um dos mais prolíficos escritores norte-americanos da actualidade.
Sinopses: Cinecartaz Público

Sem comentários:

Enviar um comentário